jusbrasil.com.br
16 de Agosto de 2022
    Adicione tópicos

    Policial militar é preso acusado de tortura, abuso de autoridade e lesões corporais

    Um soldado da Polícia Militar foi preso nesta quarta-feira (20), em Loanda, no Noroeste paranaense, acusado de prática dos crimes de tortura, abuso de autoridade e lesões corporais. A prisão foi requerida pelo Ministério Público do Paraná e decretada pelo Juízo Criminal da Comarca. O policial foi detido por uma equipe do Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado (Gaeco) de Maringá, órgão do MP-PR que trata do controle externo da atividade policial.

    Os procedimentos relacionados ao caso estão sob sigilo judicial.

    Informações relacionadas

    Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul
    Jurisprudênciahá 3 anos

    Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul TJ-RS - Agravo de Instrumento: AI XXXXX RS

    Edmar Pinto de Assis, Advogado
    Artigoshá 2 anos

    Nova Lei de Abuso de Autoridade.

    União pagará R$ 10 mil a advogado por abuso de autoridade de policial federal

    Tribunal de Justiça de São Paulo
    Jurisprudênciahá 11 anos

    Tribunal de Justiça de São Paulo TJ-SP - Apelação: APL XXXXX-75.2007.8.26.0000 SP XXXXX-75.2007.8.26.0000

    0 Comentários

    Faça um comentário construtivo para esse documento.

    Não use muitas letras maiúsculas, isso denota "GRITAR" ;)